Fitch Arma Rating ‘AAA(bra)’ da 1ª Emissão de Debêntures da TSLE; Perspectiva Estável

Fitch Arma Rating ‘AAA(bra)’ da 1ª Emissão de Debêntures da TSLE; Perspectiva Estável

Fitch Ratings – São Paulo – 23 Nov 2020: A Fitch Ratings armou, hoje, o Rating Nacional de
Longo Prazo ‘AAA(bra)’ da primeira emissão de debêntures da Transmissora Sul Litorânea de
Energia S.A. (TSLE), no montante de BRL 150 milhões e com vencimento em 2030.A
Perspectiva do rating é Estável.

PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DO RATING

O rating reete a previsibilidade e a estabilidade das receitas com base em disponibilidade
da emissora, bem como a baixa complexidade da operação e da manutenção (O&M) do ativo,
cujos custos são também previsíveis e estáveis.A estrutura legal e regulatória do setor
elétrico brasileiro, associada à natureza do segmento de transmissão de energia —
considerado um serviço público essencial —, e a elevada diversicação de contrapartes
caracterizam o risco de contraparte como sistêmico.

As debêntures são seniores e pari passu com o nanciamento do Banco Nacional de
Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), beneciam-se de conta reserva de seis meses
para o serviço de dívida e de restrição para distribuição de dividendos, caso o Índice de
Cobertura do Serviço da Dívida (Debt ServiceCoverage Ratio – DSCR) seja inferior a 1,2 vez.

 

No cenário de rating da Fitch, o DSCR médio da TSLE, entre 2023 e 2030, é de 1,41 vez.Até
2022, o projeto realizará investimentos de BRL66 milhões tanto para a execução do reforço
autorizado pela Resolução Autorizativa (REA) nº 8.377/2019 da Agência Nacional de Energia
Elétrica (Aneel) quanto para o reforço das estruturas das torres, a m de evitar a queda de
novas torres no futuro. Os investimentos serão pagos com a geração de caixa do projeto e o
caixa disponível, impactando as métricas nos próximos dois anos, quando o DSCR mínimo
será de 0,68 vez em 2021 e de 1,0 vez em 2022.A Fitch considerou que os DSCRs abaixo de
1,0 vez são mitigados pela experiência e pela expertise dos acionistas no gerenciamento de
custos, pelo orçamento de capex conservador e pela forte posição de caixa do projeto para
suportar os investimentos por dois anos. O múltiplo de RealisticOutsideCost (ROC), de
24,8 vezes, proporciona forte exibilidade de custos, sendo compatível com o rating
‘AAA(bra)’.

A pandemia de coronavírus e as medidas para sua contenção,tomadas por governos de todo
o mundo, criam, a curto prazo, um ambiente global de incerteza para o setor de energia.As
informações operacionais da TSLE, avaliadas por meio dos dados mais recentes, não indicam
que seu desempenho tenha sido comprometido, em linha com o de outros ativos de
transmissão no Brasil. No entanto, alterações signicativas nas receitas e no perl de custos
estão ocorrendo no setor de energia e continuarão acontecendo conforme a resposta da
atividade econômica e das restrições governamentais à situação. Os ratings da Fitch são de
natureza prospectiva, e a agência irá monitorar a gravidade e a duração dos efeitos da
pandemia no setor elétrico.Além disso, a Fitch incorporará dados qualitativos e
quantitativos revisados em seus cenários base e de rating, com base nas expectativas de
desempenho e na avaliação dos principais riscos.

No Comments

Post A Comment